STAR WARS : AGORA OS BRASILEIROS PODEM ENTENDER A POLÍTICA

STAR WARS : AGORA OS BRASILEIROS PODEM ENTENDER A POLÍTICA

A saga espacial de George Lucas não mudou a história do cinema, feito querem alguns críticos sem noção. Mudou a história da indústria de bonequinhos. E olhe lá. Mas a matinê tem um lado bacana: uma trama política que mostra como um regime democrático acaba vitimado por um líder populista e mal intencionado. Star Wars explica mais o Brasil do que os editoriais que eu leio por aí. Veja só.

Palpatine: É o Lula. Oficialmente, ele defende a República, mas não tem um projeto de governo, quer apenas o poder. Negócio dele é centralizar as decisões, amarrar o Congresso e, quando ninguém estiver olhando, ampliar o próprio mandato de 4 para 6 anos.

Darth Vader: Zé Dirceu, claro. Há muito tempo, numa galáxia distante, ele estava no lado bom da Força. Mas acabou se juntando ao Lado Negro. Ele vive repetindo: “Eu fui um herói das guerras clônicas e acabei até exilado”. Não adianta. Todo mundo sabe que o negócio dele agora é com o Waldomiro Diniz e os Sith. Vale nada.

Yoda: ACM. O bicho tem 900 anos e está no poder desde o Big Bang. Afastado do centro de decisões depois da vitória dos Sith, vai se refugiar no pantanoso planeta Dagobah (Bate o tambô-ôôô/ É o afoxé do Dagobah/ Arrepiando em Salvado-ôôô). Mesmo distante, ACM-Yoda tem a Força.

Povo da areia: PSDB. Eles ficam andando feito barata tonta pelo deserto, sem objetivo e sem destino. Acham que são os tais, mas é só o Obi-Wan aparecer e dar uns gritos que eles saem todos correndo.

Conde Dooku (ou Dookan, na versão brasileira): Severino Cavalcanti. Finge que é contra a República, mas trabalha secretamente para o poder de Palpatine-Lula, com quem tem grandes afinidades ignorânticas (intelectuais é que não são, né?).

Jabba the Hut: João Pedro Stálin, digo, Stédile. Afirma que é independente e que não obedece às ordens do Imperador Lula-Palpatine. Mentira. O sonho de Jabba Stálin é escravizar todo mundo num regime ditatorial ao estilo Ho-Chi-Min. Enquanto isso não acontece, pega uma verbinha do Império e prega a revolução em Tatooine.

Jar Jar Binks: Celso Amorim. Só faz bobagem.

Han Solo: Anthony Garotinho. Está nessa apenas por dinheiro, mas se pagarem bem ele até vira um idealista.

Chewbacca: Aldo Rebelo. Fala um monte, mas não na mesma língua que o resto do elenco.

Princesa Leia: Fernando Henrique Cardoso. Acha que dá pra derrubar o Império usando só o charme. Coitadinha…

Luke Skywalker: Antonio Palocci. Sim, ele é filho do Darth Vader, mas ainda acaba aliado à Princesa Leia aí em cima. Tem gente que jura que já é.

Obi-Wan Ben Kenobi: Francisco Meirelles. Aparentemente, Skywalker Palocci é quem domina a Força. Só aparentemente. Quem manda mesmo é Obi-Wan.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: